%PM, %05 %838 %2015 %19:%Mai

Projeto aposta nas visitas de mobilização e assistência técnica para envolver os agricultores de Paranaguá

Projeto aposta nas visitas de mobilização e assistência técnica para envolver os agricultores de Paranaguá

Durante o mês de maioo projeto Organização Soberana visitou estabelecimentos rurais das Colônias Maria Luiza, Santa Cruz e Morro Inglês associados à Associação dos Produtores Rurais do Município de Paranaguá (APRUMPAR), com o intuito de apresentar o projeto e sua equipe, bem como conhecer e cadastrar seus participantes.A ocasião proporcionou que algumas informações sobre as atividades desenvolvidas pelos(as) agricultores(as) pudessem ser levantadas, o que subsidiará as atividades do projeto. Dados como as culturas produzidas, a intenção da produção, tipos de canais de comercialização e suas problemáticas foram levantados.

Na primeira saída de mobilização, no dia 8, foram escolhidas as Colônias Santa Cruz e Morro Inglês. Neste dia foram visitados nove imóveis rurais, principiando pela estrada da Santa Cruz I e depois a estrada da Santa Cruz II. Na segunda saída, no dia 25 o destino foi a Colônia Maria Luiza. Observou-se grande quantidade de estabelecimentos rurais ocupados pela agricultura familiar, a qual produz uma grande variedade de alimentos, tanto para autoconsumo como para a comercialização, constando que nas localidades visitadas a produção inclui mandioca, pupunha, frutas como maracujá, banana caturra, banana da terra, hortaliças como alface americana, berinjela, pepino, couve, rúcula, cebolinha e salsinha, criações de galinha caipira e alimentos beneficiados como panificados, empadão e pastel.

Grande parte dos(as) agricultores(as) escoam a produção no município de Paranaguá, em diversas feiras como na Praça dos Leões, Aeroparque, Fernando Amaro, feira da Catedral e Ilha do Mel, programas governamentais como o PAA e PNAE, bem como mercearias, restaurantes, lanchonetes, mercados e atravessadores. Houve caso de comercialização em mercados de Matinhos, Praia de Leste e Guaratuba. Além de subsidio ao projeto, o dados recolhidos reafirmam a importância do setor da agricultura familiar na produção de alimentos, na geração de trabalho e renda e sugerem sua grande demanda por políticas públicas.

A equipe do projeto Organização Soberana agradece a acolhida por parte de seus(uas) beneficiários(as).

Avalie este item
(0 votos)
Lido 229 vezes
0 comentários. Dê sua opinião e compartilhe.