Notícias

%AM, %04 %041 %2014 %00:%Nov

Projeto SAL promove III Café Parnanguara

O III Café Parnanguara realizado pela equipe técnica do Projeto SAL em conjunto com as famílias de Paranaguá, aconteceu no dia 30 de outubro, na propriedade da Dona Marta e Zequinha, Recanto dos Coqueiros.  Esse encontro teve como objetivo a exposição e discussão da sistematização dos problemas coletivos relatados pelos agricultores da região e como a comunidade pode pensar futuros projetos a serem desenvolvidos com objetivo de buscar soluções para problemas coletivos. Para a realização do III Café Parnanguara, foram realizadas visitas individuais a cada família participante onde apresentamos um roteiro, permitindo que cada beneficiário pudesse elencar as demandas de sua região em diversos aspectos como infraestrutura, meio ambiente, juventude, trabalho e renda, lazer, gênero e turismo. A partir destes roteiros contendo as informações que cada família levantou, construímos a metodologia utilizada no III Café. Antes de iniciar a ceia, os presentes realizaram uma oração de modo a agradecer o alimento e iniciar a celebração. Após a alimentação, as atividades…
No dia 29 de outubro, estivemos na chácara Recanto Feliz para realizar um mutirão. Localizada na Colônia Quintilha, a propriedade  á acesso a parte de cima da cachoeira Quintilha, possui piscinas naturais e quedas d’agua, conhecida popularmente como o Alto da Quintilha. Além das belezas naturais a propriedade possui churrasqueiras para alugar, área pra camping e bar/lanchonete. A equipe do projeto chegou à propriedade pela parte da manhã. Logo após a chegada iniciamos o trabalho, para isso a equipe foi dividida e a maior parte do pessoal ficou trabalhando em torno da casa da família e outra parte se destinou a área em torno do rio/cachoeira. No local onde fica o ponto de comércio e as churrasqueiras foi realizada a pintura dos muros, portões e paredes do estabelecimento com tinta verde, e as árvores e churrasqueiras foram pintadas com cal. Na área perto do rio foi construído um corrimão de bambu ao lado da escada que faz acesso ao rio/cachoeira,…
%AM, %30 %531 %2014 %11:%Out

CEDRAF reconhece Litoral como Território

Em reunião realizada 21 de outubro, em Curitiba, o Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar CEDRAF reconheceu o Litoral como Território. Para o presidente do Conselho de desenvolvimento Rural, Pesqueiro e do Artesanato do Litoral Paranaense CORDRAP, Clairval Luiz Breda, a luta agora é pelo reconhecimento junto ao Conselho Nacional de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar, o CONDRAF - “Também temos que nos estruturar melhor para resgatarmos as Câmaras Técnicas, promover maior participação da sociedade civil e buscar o reconhecimento e também a participação dos representantes do Poder Executivo dos sete  municípios que compõem o Território.É agora que o trabalho realmente começa”. As ações em desenvolvimento rural realizadas pela EMATER no litoral levaram, em 2005,   à criação do Conselho Regional de Desenvolvimento Rural, Pesqueiro e do Artesanato do Litoral Paranaense – CORDRAP. Neste mesmo ano, a Delegacia Federal do Ministério do Desenvolvimento Agrário, no Paraná, reconheceu a região como Iniciativa Territorial ou Pré Território. Desde então, foram…
Durante o mês de novembro, o Grupo Artemisa estará presente no evento realizado pelo CineMAE, em parceria com a UFPR Setor Litoral. Foram selecionados documentários que abordam diferentes momentos da vida humana: a gestação, o nascimento e a infância. A intenção é oportunizar debates em torno de questões como a desmedicalização do parto e da infância, bem como conhecer a realidade da gestação, humanização do parto e sobre a primeira infância em diferentes culturas. Excepcionalmente, no último sábado de novembro, a sessão começa às 18h30, dia em que será exibido o filme "O Renascimento do Parto" e será realizada em seguida uma roda de conversas com o grupo Artemisa, que está apoiando o evento, e Xênia Melo, militante pela assistência humanizada ao parto. Confira a programação: 01/11 | 19h30 | O Primeiro Choro. Direção: Gilles de Maistre. França. Doc. 2008. 99 min. Num intervalo de 48 horas, na Terra, o destino de várias personagens reais desenrola-se e cruza-se num momento…
No dia 25 de outubro, aconteceu a 2ª Caminhada da Natureza, realizada no município de Morretes, onde os participantes percorreram o chamado circuito Morumbi, cadastrado pelo ANDABRASIL o circuito possui uma extensão de 12km, segundo a organização caminhada de nível moderado. Para obter maior conhecimento sobre o assunto, alguns participantes do Projeto SAL e agricultores das colônias de Paranaguá participaram dessa caminhada. As Caminhadas na Natureza, credenciadas pela Federação Internacional dos Esportes Populares, são praticadas em mais de 6000 circuitos, por 16 milhões de caminhadas em 39 países do mundo. A ANDABRASIL, Confederação Brasileira de esportes Populares, Caminhada na Natureza e Inclusão Social é responsável pelo credenciamento, organização e promoção dos circuitos de Caminhada na Natureza nas cinco regiões do Brasil. A participação da Equipe do projeto SAL e dos agricultores de Paranaguá teve por objetivo observar como é o funcionamento do evento, pois busca-se credenciar um circuito da Caminhada na Natureza nas Colônias de Paranaguá, para atrair visitantes há…
No dia 24 de outubro, a equipe do Projeto Sal realizou mais um mutirão, dessa vez junto com os agricultores Margareth e Edenilson da propriedade Cachoeira Quintilha. Uma das quinze propriedades beneficiárias do projeto, localizada na Colônia Quintilha. A propriedade Cachoeira Quintilha trata-se de um dos principais pontos turísticos da região.  Na parte da manhã os presentes participantes se dividiram, e alguns foram para o mutirão ao redor da cachoeira e outros, juntamente com a equipe do Parque Nacional de Saint-Hilaire/Lange, foram realizar o mapeamento para a futura trilha em que se pretende trabalhar com o turismo ecológico na propriedade. O mutirão ocorreu na área que cerca a cachoeira, a qual foi degradada em decorrência das fortes chuvas de março de 2011. Foi realizada uma recuperação do espaço através do plantio de mudas de árvores nativas como Maricá, Ipê amarelo, Guapuruvu, Araçá Vermelho, Araçá Amarelo, Cedro rosa, Angico Branco, Pitanga e Cereja do Mato. Antes do início do plantio, foi…
Nas saídas a campo dos dias 22 e 23 de outubro, a equipe técnica do Projeto SAL esteve visitando os agricultores beneficiários da área rural de Paranaguá para completar a atividade de mapeamento social da região, realizando a última etapa programada de levantamento dos problemas atuais e coletivos que os moradores enfrentam. Cada agricultor foi visitado em sua propriedade e esteve conversando com nossa equipe sobre os problemas que consideram importantes e coletivos na região. Para o melhor desenvolvimento das atividades a equipe elaborou um roteiro para orientar a conversa sobre as principais demandas dos moradores das colônias nos aspectos de infra-estrutura, meio ambiente, juventude, trabalho e renda, lazer, gênero e turismo.  A partir das conversas percebemos problemas coletivos citados repetidas vezes por diferentes famílias. Respostas como no aspecto de infra-estrutura, as melhorias nas estradas com 7 respostas iguais; Meio Ambiente resposta como, abordagem ríspida por órgãos fiscalizadores com 2 respostas iguais; Juventude com respostas como falta de espaço para…
Dia 25 de setembro, quinta-feira, a equipe do Projeto SAL se reuniu com os agricultores e pequenos empreendedores do entorno da PR 508 para o II Café Paranaguara, que aconteceu no Restaurante e Lanchonete Andrioli, localizado a margem da PR-508 (Alexandra-Matinhos) do casal de beneficiários Gabriel e Josefa Petriv. Esse encontro teve como objetivo a confecção coletiva do mapa social da região das colônias, área rural do município de Paranaguá, partindo para a elaboração da perspectiva, de como os moradores veem a região onde moram. Cada agricultor já havia recebido nas semanas anteriores ao Café uma visita onde a equipe técnica explicou a proposta da confecção do mapa e entregou a cada família um modelo em menor escala idêntico ao do mapa oficial, com apenas os pontos fixos para auxiliar na localização, como estradas e rios. Isso deu ao agricultor tempo de pensar sobre a região onde vive e se preparar para a discussão e confecção no dia do encontro.…
Nos dias 22, 23 e 24 de setembro, aconteceu em Antonina - PR o Seminário Nacional Diálogos para Implantação da Nova Lei Florestal lei 12651/2012. Realizado pela Associação de Defesa do Meio Ambiente e do Desenvolvimento de Antonina (ADEMADAN), o evento contou com o patrocínio e participação da empresa Petrobras, e reuniu representantes dos Ministérios do Meio Ambiente, do Desenvolvimento Agrário e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, do Instituto Ambiental do Paraná, do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, da Iniciativa BNDES Mata Atlântica (BNDES), da Cooperação Alemã para o Desenvolvimento Sustentável (GIZ) e do Observatório do Código Florestal. Vários representantes de projetos ambientais e sociais espalhados pelo país, patrocinados pela Petrobras, também estiveram presentes. A equipe Motirõ também esteve no evento, prestigiando e expondo sua atuação no litoral paranaense através dos Projetos Redes de Comercialização e o Projeto SAL, patrocinado pela empresa Petrobras. O evento deu início na segunda-feira (22/09) por volta das 19h com a cerimônia de abertura…
Na saída a campo realizada na quarta-feira, dia 10 de setembro, a equipe técnica do Projeto SAL proporcionou aos moradores das propriedades: Cachoeira Quintilha e Recanto Feliz (alto da cachoeira quintilha), localizadas na Colônia Quintilha, uma roda de conversa com dois representantes do Parque Nacional de Saint-Hilaire/Lange (PNSHL). Devida a proximidade de suas terras com o limite de demarcação do Parque, estando à propriedade Recanto Feliz dentro do perímetro do Parque e a propriedade Cachoeira Quintilha em torno da demarcação, as ações a serem tomadas nas propriedades devem estar de acordo com a legislação e objetivos do mesmo.  Sabendo disso a equipe técnica do Projeto SAL reuniu os interessados a fim de expor aos representantes do PNSHL quais medidas estão sendo tomadas para com os beneficiários dessa localidade. A conversa teve três objetivos iniciais, apresentar o Plano de Negócio da Cachoeira Quintilha e Recanto Feliz feito em conjunto com a equipe técnica do Projeto SAL no decorrer desse um ano…